No mercado online competitivo de hoje, não basta ter um site. É fundamental que esse canal siga as principais Diretrizes do Google para sites.

Por isso resolvi separar alguns pontos fundamentais para que seu site fique em conformidade com algumas regras de criação de sites que ajudarão a ter um melhor desempenho nos buscadores e também ter melhor navegabilidade para o visitante.

Diretrizes do Google

Conheça os principais itens que um site precisa ter para obter um melhor resultado no Google:

  1. RESPONSIVO – Seu site precisa funcionar  em Pcs, Notebooks, Tablets e Smartphones. No caso dos smartphones o conteudo do site tem que se encaixar no celular sem precisar ampliar ou mover da esquerda para a direita para ler o texto)
  2. URL AMIGÁVEL –  O endereço de uma página do seu site deve deixar claro onde o visitante está: Veja, por exemplo a URL (endereço que aparece no seu navegador) desse artigo que você está lendo: http://www.emersonpereira.com.br/artigos/diretrizes-do-google/. Esse endereço deixa claro que você está no site Emerson Pereira, lendo um artigo sobre Diretrizes do Google
  3. VELOCIDADE – Sites lentos não são bem vistos por um visitante e muito menos pelo Google
  4. MAPA DO SITE – Forneça um mapa do site (também conhecido como sitemap). Ele ajudará ao Google encontrar todas as páginas do site e indexá-las através de robôs de busca (programas que fazem a varredura na internet em busca de novas páginas).
  5. IMAGENS COM NOME – Toda imagem do seu site precisa ter nomes claros e que definam quem ela é. Sei que isso não é fácil mas é fundamental que você se esforce para todas as imagens terem descrição.
  6. TELEFONE DE CONTATO – Essa não é uma regra específica do Google, mas é parte do que chamamos UX (User eXperience). Se você deseja que potenciais compradores liguem para sua loja ou que peçam orçamento por e-mail trate de deixar seu telefone e formulários de contato bem claro e visível em todas as páginas.

Esses são apenas algumas das diretrizes do Google. Se quiser saber mais leia esse artigo do próprio Google: https://support.google.com/webmasters/answer/35769 e fortaleça sua presença digital para aparecer no maior buscador do mundo. Essa técnicas ficaram conhecidas como White Hat.

E é claro, se existe “White Hat” logo tambem deve existir o “Black Hat”…

 

Violações das Diretrizes do Google para Sites

Violar as diretrizes do Google com o objetivo de conseguir melhor posicionamento no ranking ficou conhecido em todo o mundo como Black Hat.

Diretrizes do Google x Black Hat

Veja algumas técnicas de black hat que são ilegais e portanto não devem ser executadas em seu site:

  • Fazer Conteúdo copiado ou automático (páginas com pouco ou nenhum conteúdo original);
  • Criar de sistema  de pesquisas automatizados;
  • Montar esquemas de links (compra de links e troca de links);
  • Implementar técnicas de cloaking (esconder conteúdo ou fazer script);
  • Gerar redirecionamentos ilegais ou impróprios;
  • Usar texto oculto ou links que são clicados acidentalmente de forma proposital;
  • Executar Doorways (paginas criadas para tentar manipular o Google);
  • Programar páginas com phishing, vírus, trokans e outros;
  • Utilizar rich snippets exagerados.